• Home
  • Blog
  • O que é arquitetura da informação?

O que é arquitetura da informação?

Segunda, 24 Outubro 2016 11:36 Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

Arquitetura da informação é “a arte de expressar um modelo ou conceito de informação utilizados em atividades que exigem detalhes explícitos de sistemas complexos. (...) Um design estrutural de ambientes compartilhados, métodos de organização e etiquetagem de sites web, intranets e comunidades online, e meios de trazer os princípios de design e arquitetura para a paisagem digital.”

Mas o que isso quer dizer?

Imagine que você receba o desafio de organizar uma biblioteca de 500 livros dentro de sala não muito grande que será frequentada majoritariamente por jovens. Por onde começar? Provavelmente a primeira atividade seria a catalogação de todos os livros que possui, fazendo um levantamento de todas as suas características: título, autor, gênero literário, área de conhecimento, etc.

Com tudo catalogado, você passa a ter uma visão geral do material que possui e começa a estabelecer um padrão de organização, criando grupos de obras que possuem características em comum. Filosofia, língua portuguesa, matemática e assim por diante. Este, sem dúvida, poderia ser um critério adotado, mas as possibilidades são diversas de acordo com o identificado no levantamento do conteúdo: romances, livros técnicos, didáticos, infantis, etc.

O componente humano

Vamos acrescentar mais um componente importante para seus critérios de categorização: o humano. Conhecer quem entrará na sua nova biblioteca é importante pra você estabelecer os critérios de organização? Tenha certeza que sua resposta foi sim. Afinal, o propósito de cumprir este desafio e organizar sua biblioteca é atender jovens. Portanto, se você conhecer os hábitos e os desejos de um jovem que entraria na sua biblioteca, você poderá pensar em uma organização onde ele encontrará mais facilmente os livros que procura. De acordo?

Bom, então já entendemos que para organizar o seu catálogo de livros, levar em consideração o comportamento do seu público alvo é algo importante. A partir dele e das características identificadas em seus livros, você poderá determinar as categorias de organização que criará. Vamos então à próxima etapa: a arrumação da sala.

Layout

Você precisará organizar prateleiras e corredores dentro do seu espaço para expor os livros de sua biblioteca. As possibilidades são inúmeras, mas imagino que sua organização espacial terá relação com a sua organização catalográfica. Poderá levar em consideração também a porta de entrada e a movimentação do seu público pela sala para organizar as prateleiras. Ou seja, a organização do seu acervo estará relacionada também com a experiência do seu público dentro do seu espaço.

Com tudo organizado - acervo, categorização e layout do espaço - sua biblioteca está pronta para ser inaugurada.

É importante dizer que a organização de uma biblioteca é muito mais complexa que o meu exemplo ilustrativo. Há técnicas muito mais elaboradas e específicas para esta finalidade. A arquitetura da informação não é um conceito novo, especialmente para a biblioteconomia. Para a web é um termo relativamente novo, mas muito importante para o desenvolvimento de interfaces digitais.

Arquitetura da informação em projetos digitais

As atividades de arquitetura de informação em projetos digitais são as mesmas, em maior ou menor grau de complexidade, que o exemplo da biblioteca dado acima. Primeiro você deve fazer um levantamento do seu acervo informacional. É muito importante que você tenha em mãos todas as informações que deverão ser acessíveis no seu projeto digital, seja um site, um aplicativo ou um software. Depois, organizar essas informações em categorias, etiquetando cada uma delas com termos capazes de comunicar os conteúdos contidos nela. Por fim, estruturar um layout, uma organização espacial de como essas informações serão acessadas.

Há também o fator humano. Conhecer o comportamento de quem utilizará sua ferramenta, habitará seu espaço virtual ou navegará pelo seu site será determinante para a criação do layout, da interface. Entender de onde ele vem, o que procura, o que deseja, o que precisa e quais as suas expectativas durante essa experiência de busca são fundamentais para um projeto de sucesso.

Os 7 princípios da arquitetura de informação, presentes no livro Information Architecture for the World Wide Web, de Peter Morville e Louis Rosenfeld, são:

  • Organizar (estabelecer opções de construção do ambiente digital);
  • Navegar (aprender com o usuário, seja através de informações fornecidas por ele ou pelo entendimento de seu comportamento nos ambientes digitais);

  •  

    Nomear (identificação de áreas, seja através de palavras ou ícones - ou ambos);
  • Buscar (forma de indexar informações para busca eficaz);

  •  

    Pesquisar (caminho para construção do conteúdo);
  • Desenhar (elaboração de testes para validação da arquitetura da informação, antes mesmo da construção do protótipo ou interface);

  •  

    Mapear (estruturar visualmente a arquitetura da informação. Ex.: fluxograma).

Há também técnicas para validação da arquitetura da informação e IHC:

  • Avaliação heurística;
  • Avaliação cooperativa;

  •  

    Teste formal de usabilidade;
  • Teste A/B;

Como você pode ver, o processo de arquitetura de informação envolve levantamentos, análises, pesquisas e testes. Há outros assuntos diretamente relacionados ao tema da arquitetura de informação que também são importantes:

  • Usabilidade
  • Experiência do usuário (user experience = UX)

  •  

    Interação humano-computador (IHC)

Em posts futuros podemos falar sobre estes conceitos. O que acha? Conte-me o que você achou deste texto sobre arquitetura da informação e sobre o que mais você gostaria de ler.

e-max.it: your social media marketing partner
Eugênio Telles

Eugênio Telles é Pós-Graduado em Marketing e Design Digital pela ESPM-RJ e bacharel em Comunicação Social - Publicidade pela Facha, sócio-diretor da GeniusDesign Comunicação e Marketing Digital.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Logotipo GeniusDesign